segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lançamentos da editora Intrínseca de Outubro


O sangue do Olimpo (Os heróis do Olimpo,Vol. 5), de Rick Riordan
Após sobreviverem às mais penosas missões, Percy Jackson e os demais tripulantes do Argo IIprecisam encarar a pior de todas: vencer um exército de gigantes e chegar a Atenas a tempo de impedir que Gaia, a Mãe Terra, desperte. Ao mesmo tempo, Nico e Reyna seguem para oeste com a Atenas Partenos, numa tentativa de impedir a guerra entre os acampamentos de semideuses gregos e romanos enquanto são perseguidos por inimigos vorazes. Tudo parece estar contra os semideuses, mas eles já foram longe demais para se darem por vencidos. Além do quê, se Gaia despertar, será o fim. 
O cajado de Serápis (e-book), de Rick Riordan
Annabeth Chase e Sadie Kane encontram-se nesta aventura inédita. A semideusa filha de Atena e a jovem mágica da Casa do Brooklyn precisam enfrentar um inimigo terrível do mundo antigo. No entanto, ainda mais perturbador do que o deus faminto que elas encontram no metrô é a revelação de quem o controla – alguém que Sadie conhece bem. 
Endgame: O Chamado (Vol. 1), de James Frey e Nils Johnson-Shelton
Doze mil anos atrás, seres poderosos desceram do céu entre fumaça e fogo e criaram a humanidade, deixando-nos regras segundo as quais viver. Precisavam de ouro, e, para extraí-lo, instalaram aqui as doze linhagens que deram origem às nossas antigas civilizações. Quando conseguiram o que queriam, foram embora. Mas avisaram que um dia retornariam e que, quando isso acontecesse, seria para o Jogo. O Jogo que determinaria nosso futuro. Os Jogadores terão que achar três chaves espalhadas pelo planeta. Quem achá-las primeiro ganha. Endgame: O Chamadoacompanha a busca dos doze Jogadores pela primeira chave. Endgame é um projeto multiplataforma de alcance mundial. Além dos livros e das novelas em e-book, estará disponível um jogo on-line revolucionário desenvolvido pela Niantic Labs, empresa associada ao Google e responsável também pelo jogo Ingress. 
O Dragão Renascido, de Robert Jordan
Até então inédito no Brasil, chega às livrarias O Dragão Renascido, terceiro livro da épica série de fantasia A Roda do Tempo, de Robert Jordan. Dizem as profecias que o lendário guerreiro conhecido como Dragão renascerá para derrotar de uma vez por todas o Tenebroso, poderosíssimo ente maligno. Rand Al’Thor decide que chegou a hora de seguir seu caminho e descobrir se ele é realmente o Dragão Renascido. Para tanto, ele vai à cidade de Tear, para testar uma das Profecias do Dragão: caso ele consiga empunhar Callandor, a Espada Que Não Pode Ser Tocada, ele terá provas de que é a reencarnação de Lews Therin Telamon. Seguindo os eventos de A grande caçada, Egwene e Nynaeve levam Mat para Tar Valon, onde ele precisa ser Curado, mas a presença de feiticeiras infiltradas que servem às forças do Tenebroso põe todos em perigo. Enquanto isso, Perrin e Moiraine partem para Tear, em busca de Rand, na esperança de que ele aceite orientação da feiticeira.
365 dias extraordinários: o livro de preceitos do Sr. Browne, de R. J. Palacio
No romance Extraordinário, o leitor teve a chance de conhecer o memorável professor de August Pullman, o Sr. Browne, que, no primeiro dia de aula, antes mesmo de se apresentar aos alunos, ofereceu uma profunda lição sobre a importância de cultivar preceitos positivos no cotidiano. É essa a inspiração que 365 dias extraordinários pretende levar ao leitor. A bela edição reúne uma coleção fontes que vão desde músicas e grandes obras da literatura até inscrições em tumbas egípcias e frases de biscoitos da sorte, incluindo passagens de alguns dos mais importantes personagens de Extraordinário e de mais de cem dos milhares de leitores que enviaram à escritora R. J. Palacio.
Queria ver você feliz, de Adriana Falcão
O Amor, essa entidade mítica, obstinada e perfeccionista, desempenha o papel de narrador na história real do casal Caio e Maria Augusta, pais da autora Adriana Falcão. Com linguagem poética e ao mesmo tempo bem-humorada, Adriana revela para seus leitores aquilo que poderia ser descrito como uma história trágica protagonizada por dois personagens atormentados por seus demônios. Apaixonados, Caio e Maria Augusta se casam no Rio de Janeiro da década de 1950 e têm três filhas. Todo o sentimento que eles compartilham não impede que a personalidade exuberante de Maria Augusta se torne mais obsessiva e asfixiante com o passar do tempo, apesar dos medicamentos e dos tratamentos psiquiátricos a que é submetida. Caio, por sua vez, aprofunda uma melancolia que existia nele desde a adolescência, e que culmina nos anos 1970 em tentativas de suicídio. Mais do que uma história com final dramático, trata-se de memórias afetivas que alternam momentos de intensa felicidade e outros tantos de dor.
Listografia, de Lisa Nola
Em forma de listas para serem completadas pelo leitor, Listografia é uma reflexão leve e divertida sobre os interesses, a memória e os sonhos de cada um. As páginas preenchidas podem servir de lembrança para os momentos de nostalgia ou revelar características intrigantes e inusitadas do seu dono. Nostalgia, aliás, foi a inspiração de Lisa Nola para inventar esse tipo inovador de autobiografia. Neste livro, o leitor vai rememorar episódios engraçados da própria vida, filmes e livros interessantes, pessoas que conheceu e muito mais. Com diversas perguntas e ilustrações,Listografia o incentivará a colocar no papel pedaços de sua história. Além disso, Lisa convida o leitor a soltar a imaginação e inventar suas próprias listas personalizadas.
Arte como terapia, de Alain de Botton e John Armstrong
A arte pode ser uma ferramenta fundamental, capaz de nos ajudar a levar uma vida mais plena e feliz, concluem Alain de Botton e John Armstrong em Arte como terapia. Os dois defendem que a arte cumpre um propósito muito maior do que a transmissão de valores ou ideias — ela pode nos ajudar em nossos dilemas mais íntimos e cotidianos. Por que nosso emprego não nos satisfaz plenamente? Por que todo mundo parece ter uma vida mais interessante do que a nossa? Como podemos ter relacionamentos melhores? Por que a política é tão deprimente? Arte como terapiasugere uma nova maneira de se interpretar a arte: ela tem qualidades terapêuticas e é capaz de oferecer soluções fascinantes para as angústias do dia a dia.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Resenha > "Amanhecer", de Stephenie Meyer




Título: Amanhecer
AutoraStephenie Meyer
EditoraIntrínseca
Páginas: 576
Edição2009
Classificação: 3/5


Sinopse: Estar irrevogavelmente apaixonada por um vampiro é tanto uma fantasia como um pesadelo, costurados em uma perigosa realidade para Bella Swan. Empurrada em uma direção por sua intensa paixão por Edward Cullen, e em outra por sua profunda ligação com o lobisomem Jacob Black, ela resistiu a um tumultuado ano de tentação, perda e conflito até o momento da decisão definitiva. A escolha entre fazer parte do obscuro, mas sedutor, mundo dos imortais ou permanecer vivendo como humana se tornou o marco que poderá transformar o destino dos dois clãs: vampiros e lobisomens. Agora que Bella, tomou sua decisão, uma corrente de acontecimentos sem precedentes se desdobrará, com consequências devastadoras. No momento em que as feridas parecem prontas para ser cicatrizadas, e os desgastantes confrontos da vida de Bella, resolvidos, isso pode significar a destruição. Para todos. Para sempre.


Resenha:


Quando eu vi os filmes desta série eu não gostei, mas dei uma chance ao livro e me apaixonei pela escrita da autora, só que essa paixão vai se perdendo ao longo das paginas deste final. A escrita começa a ficar previsível e isso vai me dando uma agonia tremenda, pois se eu pensar um pouco, já poderia saber qual seria o final do livro.


Como vocês perceberam ele já não é um livro que fica na minha cabeceira, mas mesmo assim é um livro que eu dou 3 estrelas por gostar dos personagens ( só de alguns ) que foram criados na obra.


Para quem me segue no instagram percebe que eu estou amando a série Academia dos Vampiros ( vou fazer resenha do primeiro em breve ) que já é um mundo totalmente diferente sobre os vampiros, mas depois falo para vocês sobre isso.


Em Amanhecer voltamos ao mundo de Bella ( que já esta me dando nos nervos por ser chata ) e do vampiros Edward. O relacionamento dos dois finalmente vai entrar nos eixos ( como já era previsível ) pois se casam e tem uma filha, sim uma filha! ( heheheheheh ).


Depois do casamento eles tem que enfrentar inimigos e muitas outras coisas para poderem ficar juntos ( isso mais uma vez ).


O livro no final para mim foi cansativo, mas valeu a pena terminar esta série que eu não dava nada no começo e no final aumento um pouco no meu conceito.


Não vou falar nada do Jake que me dava sono ( heheheheh ) não sou fã dele e não gostava das suas atitudes, no final ate que gostei de ele ter encontrado alguém para parar de encher o saco da Bella.

Li também o conto que digamos foi censurado do livro ( hehehehh ) foi melhor que o livro todo ( hehehehhehe ). Mas mesmo assim é bom ler a série, pois é um bom passatempo.

Veja o trailer do filme a baixo:



O livro também tem sua capa inspirada no filme vejam:



Espero que tenham gostado, se sim comentem sigam o blog nas redes sociais se não sigam também ( heheheh ).

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Lançamentos da editora Intrínseca de Setembro


 Garota Exemplar – edição com capa inspirada no pôster do filme, de Gillian Flynn
Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy desaparece de casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e seu marido Nick chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.
O relato perturbador de Gillian Flynn chega aos cinemas brasileiros em 2 de outubro, com Ben Affleck e Rosamund Pike vivendo os protagonistas Nick e Amy, com direção de David Fincher, produção de Reese Witherspoon e roteiro de Gillian Flynn.
O capítulo do Julian, de R. J. Palacio – lançamento exclusivo em e-book
Mais de 1 milhão de leitores já se encantaram com Extraordinário e a história de Auggie Pullman – um garotinho que, apesar das feições incomuns, deseja ter uma infância como a de qualquer outra criança. Agora todos terão a chance de saber o que se passa na cabeça do personagem mais controverso do romance: Julian, o menino que lidera a cruzada de bullying contra Auggie. Por que Julian trata Auggie tão mal? Será que ele pode ser perdoado? Em O capítulo do Julian, R. J. Palacio faz uma incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos debullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso.
Sr. Fedor, de David Walliams
Mais uma vez, David Walliams brinda os jovens leitores com seu delicioso humor e sua inacreditável criatividade. Em Sr. Fedor, Chloe, que poderia ganhar o título de “menina mais solitária do mundo”, conhece um mendigo que vive em seu bairro e é a única pessoa a ser legal com ela.  Um dia, quando o chamado Sr. Fedor precisa de um lugar para ficar, Chloe resolve escondê-lo no barracão do quintal de sua casa, o que não agrada nada a esnobe mãe da menina. Nessa confusão,  Chloe vai aprender que alguns pequenos segredos podem causar enormes desastres.
O dia seguinte, de Rhidian Brook
Em 1946, em uma Hamburgo ocupada pelas tropas britânicas, o coronel Lewis Morgan é encarregado de supervisionar a reconstrução da cidade arruinada e de comandar a desnazificação do povo derrotado. Ele requisita uma casa junto ao rio Elba, onde passará a viver com sua esposa Rachael, enlutada pela morte do primogênito, e Edmund, o filho mais novo do casal, dos quais esteve distante mais de um ano. Ao contrário do que se espera, porém, o oficial inglês não força os antigos proprietários alemães, um viúvo e sua filha, a abandonarem a casa: insiste em que as duas famílias dividam o mesmo espaço. Assim, nesse ambiente carregado de conflitos e tensões, personagens controversos cujas vidas emocionais são influenciadas pela política e pela história se revelam e tornam a possibilidade de uma reconciliação extremamente real.
365 dias extraordinários: o livro de preceitos do Sr. Browne, de R. J. Palacio
No romance Extraordinário, o leitor teve a chance de conhecer o memorável professor de August Pullman, o Sr. Browne, que, no primeiro dia de aula, antes mesmo de se apresentar aos alunos, ofereceu uma profunda lição sobre a importância de cultivar preceitos positivos no cotidiano. É essa a inspiração que 365 dias extraordinários pretende levar ao leitor. A bela edição reúne uma coleção de palavras de sabedoria pinçadas de fontes que vão de músicas e grandes obras da literatura até inscrições em tumbas egípcias e frases de biscoitos da sorte, incluindo passagens de alguns dos mais importantes personagens de Extraordinário e dos mais de cem leitores que enviaram seus preceitos à escritora R. J. Palacio.
Os arquivos perdidos: de volta a Paradise, de Pittacus Lore - lançamento exclusivo em e-book
Depois dos acontecimentos de Eu sou o número Quatro, quando John deixa Paradise para encontrar os outros membros da Garde, Mark fica para trás e precisa recolher os cacos de sua antiga vida. A escola foi destruída, sua casa, queimada, e, pior ainda, ele descobriu a terrível verdade: há alienígenas vivendo na Terra e eles planejam dominar o planeta. Sob a vigilância atenta de agentes do FBI, não há muito que Mark possa fazer, mas, quando Sarah desaparece misteriosamente, o rapaz sabe que não pode desistir. Sua busca o leva a novos aliados e uma revelação assustadora sobre os planos da invasão mogadoriana.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Resenha > "A Batalha do Labirinto", de Rick Riordan



TítuloA Batalha do Labirinto
AutorRick Riordan
EditoraIntrínseca
Páginas: 367
Edição: 2010
Classificação: 5/5

Sinopse: O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que esse refúgio de semideuses - o Acampamento Meio-Sangue - não seja invadido, Percy Jackson e um jovem ciclope, ambos filhos de Poseidon, Annabeth Chase, filha de Atena, e Grover, um sátiro, são destacados para uma importante missão - deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento. Para isso, será preciso sobreviver ao emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo - um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas. 


Resenha:

A Batalha do Labirinto é o quarto livro da série Percy Jackson e os Olimpianos e para mim, é o melhor até aqui das aventuras que o autor esta tratando nos livros.

Eu não sei, mas acho que já falei aqui que RICK RIORDAN é um dos autores que eu mais gosto e admiro, cada livro que ele laça me deixe mais e mais curioso e ansioso pelas suas continuações. Cada capitulo me deixe envolvido mas nas suas narrativas, isso só faz com que eu vire a noite lendo ( hehehehhe ) até terminar outra de suas obras. 

Percy, Grover, Annabeth e Tyson tem outra missão, mas desta vez eles vão ter que ir atras do Labirinto de Dédado para assim ver se vão conseguir impedir as tropas do vilão Cronos. Diversão e ação são duas palavrinhas que podem expressar como cada capitulo é mas não posso deixar de esquecer que o medo de acontecer algo com os personagens também reina em mim.

Voltam velhos personagens mas também aparece novos personagens que são conhecidos por nos na mitologia grega. Eu nunca falei antes mas os livros do Rick Riordan foram os que me motivaram a começar a ler, vou lendo suas historias e acreditando que o que ele escreveu e verdadeiro enquanto que os mitos que nos foram falados e escritos ao longo dos anos vai passando a ser uma mentirinha na minha cabeça.

Meu Deus os personagens estão crescendo, isso faz com que comecem a ter gosto por outras coisas e a sentir sentimentos que eles não conheciam antes, como o ciumes ( heheheh ) mas isso eu não vou falar, é mais divertido lendo ( hehehehhe ).

Posso contar que a narrativa do autor só vai melhorando e me deixando mais e mais curioso para saber o final das aventuras de Percy Jackson e seus amigos.

Espero que tenham gostado, se sim me sigam nas redes sociais se não me sigam mesmo assim ( heheheh ).
Fui 

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Leituras do Mês: Julho e Agosto de 2014 #04

Em Julho só li um livro, assim não quis fazer o post mas melhorou minha disposição para a leitura no mês de agosto, vejam ( quem me segue no instagram já viu).


Cidade da Penumbra

Sinopse: Bem-vindo à cidade da penumbra! Todos tem direito à Beleza, à Juventude, ao Conforto Mínimo. Syd Paradyne, tira da série B, barba de dois dias, alcoólatra, investiga o suicídio de um obeso. O sol não aparece há muito, muito tempo. A corrupção reina. Aparece uma garota linda e estigmatizada. Blue tem os olhos azul-metálicos e segredos inconfessáveis: é uma possibilidade de amor em um mundo sem esperanças. Nessa sátira a uma sociedade utópica baseada na premissa da felicidade obrigatória, em uma atmosfera de policial noir, Lolita Pille faz referências a pesos-pesados da ficção científica, como George Orwell; Aldous Huxley; William Gibson, o fundador do cyberpunk, e Philip K. Dick, autor de Do Androids Dream of Electric Sheep?, o livro que inspirou o filme Blade Runner. Cidade da penumbra é um retrato muito bem-acabado do consumismo e do endividamento bancário, do uso indiscriminado de remédios e drogas e da ditadura da felicidade a qualquer preço. Ao lidar com esses temas que já assombram o presente, a autora cria polêmica e aborda o totalitarismo, o racismo, a desinformação, a vigilância big brother, as cibertecnologias e assim, mais uma vez, desafia convenções.

 
Muncle Trogg: O menor gigante do mundo

Sinopse: Os gigantes vivem no topo do Monte das Lamentações, escondidos dos humanos que estão lá embaixo. Mas nem todos são realmente grandes. Muncle Trogg, por exemplo, é tão pequeno que acaba virando alvo da zombaria dos outros. Chateado, ele decide descer a montanha e dar uma olhada nos tais Pequenotes, com quem dizem que se parece. E o que Muncle descobre é de fato surpreendente. Um meigo e encantador conto de fadas às avessas, Muncle Trogg: O menor gigante do mundo é o primeiro volume da série protagonizada por Muncle, Emily e o dragão Snarg, que irá arrancar gargalhadas dos jovens leitores 




Muncle Trogg: e o burro voador

Sinopse: Muncle Trogg, o menor gigante do mundo, está preocupado. O Monte das Lamentações, lar de todos os gigantes, tem dado sinais de que vai explodir, mas tudo que aqueles grandalhões conseguem pensar é em celebrar que os humanos foram embora do sopé da montanha. Sorte a dele que Emily, uma menina que conhecera quando, certa vez, tentou se passar por um garoto humano, não o abandonou – e ela tem uma ideia. Se os gigantes não querem dar ouvidos ao pequeno Muncle, talvez ouçam o mais inteligente e prodigioso dos animais: o burro voador! Um conto de fadas às avessas, Muncle Trogg e o burro voador é o segundo volume da série estrelada por Muncle, Emily e o dragão Snarg, que irá encantar crianças de todas as idades. 


Princesa Adormecida

Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim... 



O Beijo das Sombras

Sinopse: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 

Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 

Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?


Aura Negra

Sinopse: A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguinários Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si. 




E foi isso que eu li neste dois últimos meses.
Fui